A produção de ovos no projecto agro-pecuário do Nzeto, na província do Zaire, tem estado a registar níveis consideráveis, a julgar pelos resultados alcançados.

Segundo notícia à Angop, pelo menos cinco mil ovos são produzidos diariamente no projecto agrícola, informou o responsável logístico do perímetro, Paka João Nzuzi.

De acordo com Paka João Nzuzi, actualmente a produção de ovos atingiu 70 por cento da sua capacidade instalada, estando o excedente a ser comercializado nos municípios de Mbanza Congo e Soyo.

“Presentemente controlamos mais de cinco mil galinhas poedeiras que põem aproximadamente cinco mil ovos por dia. Estamos também a criar cinco mil pintainhos espalhados em diversas capoeiras existentes aqui no projecto”, explicou o gestor do projecto que dista a cinco quilómetros da vila piscatória do Nzeto.

Áreas de actuação
Acrescentou que o projecto agrícola do Nzeto encontra-se na fase de produção nas áreas agrícola e avícola.

Quanto ao sector agrícola, disse terem sido plantados 20 hectares de mandioca e igual número de milho. A primeira fase da colheita acontece na segunda quinzena do mês e ano em curso.

Foram montadas no local duas fábricas (moagens), sendo uma para a transformação da mandioca em fuba de bombó e outra de milho para a ração das aves (galinhas).

Em implementação desde 2011, pela empresa Israelita “Agricultiva”, em parceria com o Ministério da Agricultura, o projecto emprega 116 trabalhadores, entre angolanos e expatriados.