O Governo Provincial de Luanda em parceria com algumas construtoras está apostado na reabilitação das principais vias rodoviarias, para melhorar a circulação e criar maior fluidez.

Uma ronda feita pelo JE, pode constatar que algumas vias que já beneficiaram de obras como é o caso do bairro Mártires, de Kifangondo, no distrito da Maianga, além de proporcionar fluidez na circulação, melhorou o saneamento básico. Estes benefícios são igualmente notáveis no bairro dos Congoleses, no município do Rangel e Tala Hadi, no município do Cazenga, em Luanda.

Os trabalhos são notáveis em todos os municípios de Luanda, por exemplo a localidade de Cacuaco, apresenta um cenário agradável com avenidas e calçadas em vários pontos. Constitui agora uma área bastante atrativa para os habitantes da Capital.

Porem, os trabalhos continuam, os 500 metros e meio do último troço da via expressa Boavista/Kifangondo, no sentido descendente, entre a Comarca Central de Luanda e a Rotunda da Boavista, já está a receber a primeira camada de asfalto depois da terraplanagem, e foram criadas valas de drenagem.

O responsável para as obras da empresa encarregue da empreitada, Mário Felipe, disse ao JE, que na via foi colocada uma rede de distribuição de água potável e de energia eléctrica, assim como foram criadas três faixas de rodagem em cada sentido.

O próximo passo será a colocação de placas de sinalização e postos de iluminação pública. Depois de concluída a empreitada o trabalho estará virado para a conclusão da via Rotunda da Boavista/antigo Roque até ao Prédio do Livro no bairro São Paulo.
Os trabalhos de reabilitação da via expressa Boavista/Kifangondo estão em curso há sete anos, e numa primeira fase abrangeu as vias Refinaria/Cimangola, Kifangondo/Cacuaco e a ponte sobre as salinas em cacuaco.

Modernização  
No bairro Morro Bento, a rua Kikagil, distrito da Samba, já está também concluída. Neste momento as obras estão a incidir na criação de lancis e passeios.

Jorge Costa, ligado à construtora que está a executar as obras, que iniciaram em Março passado, disse que a iluminação pública, sinalização rodoviária e criação de espaços verdes já estão concluídos.

Outra área em obras é a Avenida Ngola Kiluange, com uma extensão de 10 quilómetros e 800 metros, vai desde a rotunda do mercado do São Paulo e finda na zona da Moagem do Kikolo em Cacuaco.

Garantia
O ministro da Construção, Waldemar Pires Alexandre, garantiu recentemente à Rádio Nacional de Angola, que os constrangimentos técnicos e financeiros, que estiveram na base da paralisação do programa de reabilitação de algumas estradas secundárias e terciárias da província de Luanda foram ultrapassados.

O governante informou que o programa iniciado em 2012, contempla a intervenção de 250 quilómetros de estradas e conta com um investimento avaliado em cerca de 28,7 mil milhões de kwanzas (300 milhões de dólares americanos)