A circulação rodoviária na Estrada Nacional Nº354, que liga as províncias da Huíla e Huambo, passando pelo município de Caluquembe, interrompida por um período de cinco dias, está reposta, com a colocação, ainda que de forma provisória, da ponte sobre o rio Cuveli, na localidade de Chivulo.

No acto da abertura do troço, que aconteceu Sábado passado, o vice-governador provincial da Huíla para o sector Técnico e de Infra-estruturas, Nuno Mahapi Ndala, disse que foi instalada uma ponte metálica de 21 metros de cumprimento e 4,5 de largura, com capacidade para suportar 40 toneladas.
O trabalho realizado, referiu o governante, foi feito pelo Governo provincial, em coordenação com o Instituto Nacional de Estradas (INEA) e a Empresa Nacional de Pontes (ENP), na Huíla.
Por sua vez, o director provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) na Huíla, Carlos Kamuenho, aproveitou a ocasião para apelar os automobilistas a maior “prudência” na circulação e colaborarem com as autoridades que estão destacadas no local, com o objectivo de coordenar o tráfico.


Benefícios
Já o administrador municipal de Caluquembe, José Arão Nataniel, revelou que a interrupção da circulação deixou centenas de viaturas e pessoas bloqueadas, nas duas margens de acesso aos municípios do Norte da província da Huíla.
“A reposição da ponte é um ganho para o município, porque estávamos a começar a reter os stocks de combustível, gás, refrigerantes e alguns bens alimentares”, informou José Arão Nataniel.