A cidade do Luena (Moxico) está a registar nestes últimos anos, um crescimento substancial de infra-estruturas hoteleiras, o que tem vindo a melhorar a qualidade de  serviços e a geração de emprego para os jovens. Actualmente, a província conta com cinco unidades hoteleiras de referência, das quais quatro na cidade do Luena e uma localizada no município fronteiriço do Luau. O hotel Kandamba, com a categoria de três estrelas, é um dos melhores e conta com 45 quartos.

Estão em construção, dois hotéis, na cidade do Luena, nomeadamente a unidade Kawuisa que terá a capacidade de 45 quartos,  da então seguradora AAA que comportará dois edifícios, de sete andares com capacidade para 120 quartos.

Benefícios
Para o economista  e docente universitário, José Ezequias, as unidades hoteleiras na província estão a contribuir para o crescimento da região, tanto em termos de infra-estruturas, assim como na melhoria dos serviços prestados. Em entrevista ao JE, o docente disse que, com o surgimento em força da  rede hoteleira de qualidade, a província atrairá muitos agentes económicos e desta forma, dinamizar o sector produtivo.

Para ele, a província do Moxico dispõe de inúmeras potencialidades turísticas que estão a ser pouco exploradas, numa altura em que este sector é um dos “motores” de várias economias mundiais. O especialista destacou que, apesar dos constrangimentos no que concerne ao fornecimento de energia eléctrica e abastecimento de água potável, ainda assim, o ramo hoteleiro deve ser uma aposta.

“Os hotéis existentes ainda enfrentam problemas no fornecimento de água potável e energia eléctrica, o que em muitos casos encarece os serviços destas unidades turísticas, porque os empresários têm outros custos adicionais”, sublinhou, depois de ter reconhecido os esforços que estão a ser empreendidos por parte do governo local para debelar esta situação.
 
Apoios
José Ezequias defendeu uma intervenção mais acutilante do sector bancário, criando mecanismos facilitadores na concepção de créditos para que a classe empresarial possa desenvolver os seus projectos de forma rápida e sem grandes problemas.

“Os bancos comercias devem criar mecanismos céleres com vista a  facilitar a concessão de créditos dos projectos apresentados pelos agentes económicos”, frisou.

Na província destacam-se as paisagens do parque nacional da Kameia, quedas do Tchafinda, Mulondola, Lagoa Azul  e do rio Zambeze.

Benefícios
A  reabilitação e modernização do Caminho-de-Ferro de Benguela, as estradas secundárias e terciárias, bem como com a entrada em funcionamento do  novo aeroporto do Luena são na opinião do economista os vectores para o sucesso da actividade turística a nível da província.