A IIª edição da Feira Literária foi aberta esta semana, em Malanje, com vista a continuar a promover o gosto pela leitura, elevar à cultura geral dos jovens e adolescentes, bem como ocupá-los durante a pausa pedagógica, numa organização do Núcleo de Ciência é Vida (NUCIV), em parceria com o Grupo Bíblico provincial da Igreja Católica.
A decorrer até ao dia 26 de Agosto, na cidade capital da província, sob o lema “Quem mais lê, mais aprende e quem mais aprende, mais lê”, estão expostos no evento obras de diversos géneros literários, tais como romances, contos, poesia e livros religiosos e académicos de vários assuntos.
Na ocasião, o coordenador do Núcleo de Ciência é Vida, Bernardo José Domingos, disse à Angop que a sua instituição tem constatado, nos últimos tempos, pouco interesse da camada infanto-juvenil pela leitura, o que constitui preocupação, tendo em conta a importância da leitura para o desenvolvimento psíquico e social das pessoas.
No decorrer da Feira Literária serão ainda realizadas palestras sobre vários temas, entre os quais ligados “a oralidade, escrita criativa, ética e etiqueta, para além de explicação de Matemática, Física e Química, a serem ministrados aos interessados que se deslocarem aos local.
Criado há dois anos, em Malanje, o núcleo é uma organização não-governamental juvenil, vocacionada ao intercâmbio académico.