Em entrevista à Angop, no Lubango, onde esteve recentemente em trabalho, o artista frisou que está em estúdio a gravar as músicas
nos estilos kizomba e R&B.
Bass referiu que o primeiro álbum discográfico, que marcará o pontapé de saída da sua carreira enquanto cantor, aborda questões relativas ao amor, bem como união entre casais, para além de alguns aspectos relacionados a reconstrução nacional a todos níveis.
Após o seu lançamento em Luanda, o artista prevê comercializar em todas províncias do país visando a divulgação da cultura através das suas músicas e só mais tarde poderá pensar num concerto de carreira.
Bass já lançou vários temas e conseguiu promover a sua música na Europa nos últimos anos, alcançando o sucesso com o single “Tiro Certeiro” e “Sem Norte” e, em Angola, foi nomeado para o Top dos Mais Queridos da Rádio Nacional de Angola e venceu o Prémio de “Artista Revelação” nos Angola Music Awards 2016.
Bass é o nome artístico do jovem Hélder Filipe Lupango, natural da Lunda Norte, mas foi na província da Huíla onde o artista iniciou a carreira artística nos anos 90, mas propriamente na cidade do Lubango.
Como produtor, Bass seguiu para Luanda há dez anos, onde integrou a produtora Bom Som liderada por Anselmo Ralph, tendo saído da produtora em 2015 para seguir a carreira a solo.