O candidato Josemar Calengue conquistou, esta semana, o concurso Chef Mega, Jovem cozinheiro do ano, realizado pelo Mega Cash Carry em parceria com a Escola de Hotelaria e Restauração. O galardoado, desta primeira edição realizada na escola de Hotelaria e Restauração, criou o prato “A popular tranche de carapau e o mufete com todos”.
Inspirados na comemoração dos 44 anos da independência de Angola, os concorrentes foram desafiados a apresentarem pratos com origem em produtos tipicamente angolanos, associando, deste modo, a modernidade e a tradição.
No segundo lugar ficou Bernardo Nsumbo, com a Lasanha à moda angolana, prato que lhe valeu uma proposta de estágio no Espaço Luanda. Já Belsoi Faleiro concluiu o pódio com o Bacalhau e a muamba de dendé.
Para os três primeiros classificados da prova final, além de vales de compras Mega, está reservado um estágio remunerado seguido de eventual contrato num dos parceiros Mega de referência no sector da hotelaria e restauração.
O vencedor terá adicionalmente um contrato com o Mega Cash & Carry para a criação de receitas, teste e demonstração de produtos da marca própria Chef Mega, concebida para responder às necessidades e exigências dos profissionais da hotelaria e restauração.
Para além dos prémios atribuídos aos vencedores da primeira edição do concurso Chef Mega, jovem cozinheiro do ano, os outros sete concorrentes terão igualmente a oportunidade de estagiarem nas diferentes unidades de restauração dos parceiros deste concurso.
Durante sete meses, as provas foram na Cozinha Laboratório da Escola de Hotelaria e Restauração e avaliadas por duas equipas de júri, sendo um júri técnico composto por docentes da instituição de ensino e um júri global, que contou com a participação de representantes de unidades de referência do sector daHotelaria e restauração.