De acordo com uma nota chegada esta semana à Angop, o espectáculo terá como artista convidado Zé Beato.
“Embora seja proveniente dos sectores mais sólidos do rock angolano, a cantora tem se destacado pela versatilidade e entrega romântica à plasticidade melódica do afro-jazz, sendo, actualmente, aclamada, positivamente, pela crítica, transbordando, em palco, criatividade e bom gosto, na transfiguração do seu canto inusitado”, lê-se na nota.
Mais recentemente, no seu projecto “As marés de Irina”, leva a uma reflexão entre o canto ancestral africano, o jazz e o rock, somando uma experiência mais electrónica.
A artista já partilhou os palcos com grandes nomes da cena musical, como José Kafala, Lokua Kanza, Lukeny Fortunato, Djeff Afrozila, Gabriel Tchiema, Aline Frazão, Jack Nkanga, Wyza Nkendy tem-lhe conferido maturidade e versatilidade.
Irina Vasconcelos iniciou a sua carreira em 2008, como vocalista da banda de rock angolana “Café negro”. Em 2014 recebeu o prémio do grupo do ano no“Angola Music Awards”.