No actual cenário de recrutamento das empresas modernas, ganha destaque o perfil comportamental em relação ao perfil técnico pofissional. Isso porque os headhunters e as empresas perceberam que é muito mais fácil ensinar habilidades técnicas do que comportamentais. E a tendência é observada em diferentes áreas.
Segundo os especialistas em recrutamento, não é só mais um bom perfil técnico que é valorizado. São procurados aqueles profissionais que têm uma visão mais holística da organização e conseguem melhorar o desempenho financeiro das empresas.
Veja abaixo uma lista com as habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho:

1. Comunicação- A habilidade de se comunicar bem é a chave para profissionais técnicos trabalharem de forma integrada ao negócio. Afinal, são executivos que precisam traduzir toda a questão técnica das suas áreas para diferentes públicos, desde o pessoal da fábrica até o CEO da empresa;

2. Trabalho em equipa- Profissionais que não conseguem demonstrar a habilidade têm pouca aceitação entre os gestores. Comprovar o espírito de equipa é condição para crescer na carreira;

3. Resiliência- Trata-se de uma habilidade que, normalmente, vem com a maturidade emocional. De qualquer forma, é importante o profissional desenvolver o quanto antes a sua capacidade de lidar com situações de crise e de oposição sem desanimar e deixar abalar a produtividade;

4. Comprometimento- Identificar e superar obstáculos de forma proactiva é uma óptima maneira de demonstrar comprometimento com a empresa. Ir além do seu trabalho, pensar fora da caixa e sair da sua zona de conforto são qualidades muito bem recebidas actualmente;

5. Intra-empreendedorismo -
A expressão que cabe aqui é “senso de dono”. O que as empresas buscam é alguém que abrace os projectos com a responsabilidade e a motivação de um empreendedor.