Moradores de Eindhoven, na Holanda, já poderão habitar em casas com partes impressas em 3D a partir de 2019. A cidade será a sede do primeiro condomínio experimental do Milestone, um projecto tocado por pesquisadores da Universidade Tecnológica de Eindhoven que buscam novas soluções para o sector de construção civil. As residências terão paredes curvas compostas por um concreto especial, feitas por um braço robótico. Inicialmente, cinco unidades serão erguidas. O design é futurista, e cada domicílio terá um nível distinto de complexidade, mas todos foram pensados para oferecer as conveniências de uma moradia comum. As peças serão impressas e transportadas para o local, mas a ideia é que o equipamento possa ser levado para o local de obras.