Cristiano Ronaldo começou por dizer o seguinte “Não renovei”, assim mesmo. Foi desta forma que o craque português reagiu às notícias que davam conta de um novo contrato com o Real Madrid até 2018, onde iria auferir dois mil e 167 milhões de kwanzas líquidos por ano, o que perfaz a quantia de 46. 575 euros por dia.

Segundo avançou, recentemente, o jornal espanhol “Marca”, o extremo português, de 28 anos, já teria acertado os pormenores da renovação do seu contrato com o presidente Florentino Pérez. O português, que está em digressão com a equipa nos Estados Unidos da América (EUA), desmentiu prontamente a notícia: “Essa situação ainda não está solucionada. Não me compete a mim falar disso porque não é o momento. A mim só me compete treinar, jogar e preparar-me para os desafios”. disse.

O novo contrato do profissional, válido por cinco temporadas, permitiria a CR7 permanecer praticamente até ao fim da sua carreira ao mais alto nível, pois no final terá 33 anos. “Não confirmo que vá terminar a minha carreira aqui  no Real Madrid. Apenas quero fazer o meu trabalho. O meu futuro não sei. De momento estou bem onde estou”, frisou, recusando-se a comentar a eventual contratação de Bale (Tottenham) por 100 milhões de euros.

Os 17 milhões de euros por ano  permitiam a Cristiano Ronaldo superar o rival Lionel Messi  do Barcelona, que aufere 13 milhões de euros ano, mais três milhões por objectivos. A lista dos jogadores mais bem pagos continua a ser liderada pelo camaronês Samuel Eto’o com 20 milhões/ ano no Anzhi da Rússia.