A conquista de prémios internacionais pelos artistas angolanos Nsoki e C4 Pedro valorizam e engrandecem a cultura angolana, particularmente na vertente musical, afirmou esta semana, em Luanda, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.
De acordo com a ministra, em nota de imprensa em reacção a consagração dos dois artistas angolanos no África Magazine Music Awards (Afrimma 2017), cuja gala de premiação ocorreu recentemente nos Estados Unidos da América, traduzem o esforço dos artistas angolanos, sendo ainda um sinónimo da qualidade do produto musical colocado ao dispor do
público nacional e estrangeiro.
“Estes prémios valorizam, de uma forma geral, a cultura angolana, constituindo um orgulho para os angolanos e representam a aposta na internacionalização do produto cultural nacional”, lê-se na nota.
Para além de felicitar os dois artistas, a ministra encoraja-os a continuar a apostar na produção de música com um elevado grau de qualidade e na divulgação e valorização das artes e da cultura de Angola.
A cantora angolana Nsoki venceu os galardões dos prémios Afrimma, nos Estados Unidos da América, cuja gala teve lugar neste domingo, em Dallas.
A angolana, autora do “Africa Unite”, venceu nas categorias Artista Revelação, Melhor Artista da África Central. Nsoki concorreu igualmente na categoria de Melhor Artista Feminina Lusófona.
Já o músico angolano C4 Pedro venceu os galardões de Melhor Artista da África Central, Melhor Artista da Lusofonia e Melhor
Artista Além-Fronteiras.
Nomeado em seis categorias dos prémios internacionais Afrimma, o artista levou ao rubro a plateia e convidados com o seu peculiar estilo musical e carisma em palco. C4 Pedro voltou, desta forma a confirmar a sua versatilidade e influência na música angolana dentro e fora do país.
Em 2016, C4 Pedro foi distinguido com o prémio de Melhor Artista da África Central.
Depois da sua presença nos Estados Unidos da América, C4 Pedro segue para Inglaterra onde está nomeado o Melhor Artista Africano, do prestigiado e internacional prémio Music Television Europe Music Awards (MTVEMA).
A African Muzic Magazine Awards (AFRIMMA) surgiu há três anos, com o foco virado na premiação, valorização e expansão da
música africana na diáspora.