O diamante “Legacy Pink”, que pesa pouco menos de 19 quilates, foi arrematado por um valor recorde de 50,375 milhões de francos suíços (usd 50 milhões) e ofuscou outros itens de leilão na Christie’s, em Genebra, esta semana. De graduação “vívida”, o maior patamar para a cor rosa de um diamante, a pedra é internamente pura com um corte retangular, e está fixada em um anel platinado.
Uma vez propriedade da família Oppenheimer, que tornou a De Beers na maior comerciante de diamantes do mundo, o diamante teve uma estimativa pré-venda de 30 a 50 milhões de dólares. A identidade do vendedor não foi divulgada.
Diamantes de cores vívidas são as pedras mais fortemente saturadas, exibindo a tonalidade ideal da pedra. A maioria dos diamantes rosas dessa cor pesam menos de um quilate, disse a casa de leilão, que realiza sua venda semi-anual de jóias.
A Christie’s disse, que o ‘Legacy Pink’ alcançou um novo recorde por quilate para um diamante rosa, e foi o segundo mais caro já leiloado.