O projecto junta-se ao incentivo das políticas de acesso ao livro e a leitura a nível nacional, e realiza-se uma vez por mês no Espaço Luanda D’Arte (ELA), tendo como convidados escritores nacionais e leitores para que juntos possam rever a obra.
Em declarações esta semana à Angop, a directora da BayQi, Fátima Almeida, referiu que a ideia de implementar o Clube do Livro em escolas públicas primárias, visa promover a leitura no entre os mais novos, bem como a distribuição de
materiais didácticos.
Fátima Almeida frisou que a implementação do Clube do Livro se insere na responsabilidade social da empresa, sendo este, o maior presente que se pode dar de incentivo
à geração futura.
Até ao final do ano em curso, em prol da campanha, a BayQi realizará várias visitas as escolas, bem como pequenas campanhas publicitárias com escritores e figuras públicas para demonstrarem a importância da leitura.
Neste âmbito, a equipa da BayQi ofereceu vários exemplares do livro infantil “Lenda da mãe África e do filho que vendeu o coração,” do escritor José Luís Mendonça, e kits didácticos aos alunos na escola primária nº 1206 (ex-3007).