O Espaço Aplauso, situado na rua 3, Centralidade do Sequele, em Cacucao, surge como o primeiro local de formação e produção artística naquela zona. O mesmo torna-se, nos fins-de-semana, um dos principais atractivos culturais no que toca a realização de eventos.
Há sensivelmente sete meses desde a sua abertura, é um projecto de Cabingano Manuel em parceria com a administração da Centralidade e o proprietário, quer através das artes e línguas, promover a cidadania, de modo a que as pessoas possam encontrar nas artes uma escapatória para o stress diário.
O mentor do projecto salienta ainda, que o principal objectivo está resumido no lema da casa “mais cultura, mais cidadania” e entende que assim o espaço jogará um papel decisivo na formação da consciência dos moradores quanto à importância das diferentes manifestações artísticas como identidade cultural de um povo.
Segundo Cabingano Manuel, o recinto que gere está também virado para à formação na especialidade de dança, canto e técnicas vocais, ballet infantil, piano, guitarra, artes plásticas e desenho, teatro, Televisão, inglês e francês, com mensalidades que rondam os oito mil kwanzas.
“Temos sido muito procurados. Já temos mais de duzentos alunos matriculados nos mais variados cursos. A procura anda à volta das 50 pessoas dia em busca de informações, o que nos deixa muito felizes”, realça.
Cabingano afirma que muitas actividades culturais têm sido realizadas naquele local, com destaque para o 1° Show Gospel daquela cidade com os principais nomes da música gospel nacional, encontro de banda desenhada com os irmãos Lindomar, teatro, exposição de artes plásticas, gala dos namorados, música ao vivo, e grande show de humor com os Tuneza que juntou mais de duas mil pessoas numa noite inesquecível.
O Espaço Aplausos já criou 19 postos de trabalho directos, sendo que 98 por cento dos funcionários encontraram aí o seu primeiro emprego. “É prova de que o empreendedorismo cultural pode contribuir para a redução da pobreza no país”, disse.

Actividades agendadas
O espaço realiza eventos todos os fins-de-semana, para além das aulas que decorrem de segunda à sábado, mas adianta Cabingano Manuel, que nos próximos meses, aguarda-se muitos espectáculos com artistas nacionais e estrangeiros. “Dar ao Sequele a oportunidade de aplaudir ao que há de melhor nos vários domínios da arte nacional e estrangeira é para nós um grande orgulho”, referiu o proprietário do espaço.
Neste momento estão agendados artístas como Calado show, Kid Mc e Kyaku Kyadaff e outros projectos em carteira que passam pela valorização das criações artísticas. “Nós precisamos potenciar as pessoas para que se tornem criadores artisticos”, concluiu.