A ex-judoca angolana, Fátima Faya, que encerrou a sua carreira depois da terceira participação consecutiva nos jogos olímpicos, vai representar o continente africano na Comissão dos Atletas a nível internacional. A atleta teve como concorrente uma atleta nigeriana e venceu a mesma por 136 contra 42 votos.
A detentora de vários títulos nacionais e internacionais em entrevista à Rádio Cinco, fez entender que o curriculum brilhante que a mesma ostenta, influenciou bastante na conquista dos votos.
No mesmo processo concorreram vários outros atletas, dentre os mesmos, sete do continente Europeu, duas da América, quatro
da Ásia e duas da Áustria.