Com o foco na fabricação dos SUV´s, a Ford vai descontinuar a produção da maior parte dos sedãs nos Estados Unidos da América (EUA), noticiou a Associetad Press, esta semana.
Os modelos como o Tauros, Fusion, Fiesta e C-Max são o s carros visados pela a multinacional norte-americana. A ideia da empresa em 2019 é focar os seus esforços na fabricação do Ford Mustang e de um novo crossover compacto chamado Focus Active para somar à crescente linha dos SUV´s.
Embora a Ford cessa a produção desses carros internamente, em outras partes do mundo, as suas fábricas vão continuar a produzir normalmente os sedãs e os hatchbacks por enquanto, segundo AP.
Recentemente, a empresa anunciou planos para manter oito utilitários à venda até 2020. Isso inclui um novo Bronco e um modelo totalmente eléctrico chamado Mach 1, mas exclui
o Focus Active.
Até agora não há informações sobre os sedãs produzidos pela linha de luxo local da marca, Lincoln. Apesar ser uma área de baixa lucratividade, ela não corre o risco de ser limada pela companhia no decurso do corrente ano.