A Fundação doutor António Agostinho Neto (FAAN) tem a sua atenção virada à promoção, divulgação, valorização e preservação da identidade cultural angolana, com particular ênfase para os feitos do seu patrono, afirmou esta semana, em Luanda, o seu administrador, Amarildo da Conceição. Entre as acções desenvolvidas pela fundação consta a edição e publicação de obras literárias, promoção de trabalhos de investigação sobre a cultura angolana, o apetrechamento de instituições escolares com material bibliográfico sobre a vida e obra do fundador da nação e primeiro Presidente de Angola, entrega de donativos a instituições de caridade e unidades sanitárias, entre outras.
Amarildo da Conceição, que falava durante uma audiência com a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, em que recebeu o diploma de mérito atribuído à FAAN no âmbito da jornada do Dia da Cultura Nacional, frisou que a instituição afirma-se como baluarte na defesa, valorização e transmissão da identidade cultural nacional, com a edição e publicação de obras bibliográficas.