O filme da Disney e da Lucasfilm sobre a história que precede a sequência de “Star Wars” arrecadou cerca de 101 milhões de dólares norte-americanos nos Estados Unidos da América no último fim-de-semana de estreia, que ainda contou com o feriado do Memorial Day (28). O roteiro que conta a origem de Han Solo já amealhou, logo de início, cerca de 83 milhões de dólares.
As estimativas no início desta semana davam conta que “Han Solo” abocanharia algo entre 130 e 150 milhões no prómixo fim-de-semana. O filme, dirigido por Ron Howard, tem Alden Ehrenreich como um jovem Han Solo que faz amizade com o seu futuro copiloto e companheiro, Wookie Chewbacca, e conhece o notório jogador Lando Calrissian (Donald Glover). Emilia Clarke, Woody Harrelson, Thandie Newton, Paul Bettany, Joonas Suotamo e Phoebe Waller-Bridge completam o elenco.
“Há uma tonelada de grandes bilheteiras neste momento”, disse Dave Hollis, presidente de distribuição doméstica da Disney, sobre o trio de estreias recentes – “Han Solo”, “Vingadores: guerra infinita” e “Deadpool 2”. “Há um cenário aberto para as próximas semanas”, disse.
As estimativas iniciais previam que “Solo” poderia garantir a melhor estreia num fim-de-semana de Memorial Day, mas parece que “Piratas do Caribe: No fim do mundo” continuará com a coroa, com os seus 139,8 milhões de dólares arrecadados em 2007.
“Han Solo”, a segunda antologia independente de “Guerra nas estrelas”, ficou bem atrás do “Rogue one: Uma história Star Wars” de 2016, que rendeu 155 milhões de dólares num fim-de-semana de três dias. O lançamento mais recente da franquia – “Star Wars: O último Jedi” – foi há menos de seis meses e o segundo filme da trilogia de “Star Wars” estreou com 220 milhões de dólares no mercado interno.
Com “Han Solo” como o único novo lançamento do fim-de-semana, o restante da bilheteira norte-americana será impulsionada por uma série de filmes já em cartaz.
“Han Solo” ainda aumenta a bilheteira doméstica em 23,1 por cento em comparação com o fim-de-semana do Memorial Day em 2017, segundo a comScore. Enquanto isso, a bilheteira acumulada do ano continua em alta: 7,6 por cento maior do que 2017.
“Apesar do facto de ‘Han Solo’ ter ido um pouco abaixo nas bilheteiras do que o projectado, um mercado extremamente competitivo deu à indústria um dos melhores desempenhos em finais de semana, de feriado do Memorial Day”, disse o analista de bilheteira Paul Dergarabedian.