Treze anos depois, o maior concurso de beleza feminino angolano realiza-se fora de Luanda, com a cidade do Lubango, província da Huíla, a ser a escolhida para albergar, em Junho próximo, a edição 2019, soube esta semana a Angop.
A informação foi prestada pela directora-adjunta do comité Miss Angola, Karina Almeida, no final de uma audiência com o governador da província da Huíla, Luis Nunes.
Depois de passar pelas províncias de Benguela e Cabinda, esta será a terceira vez que o concurso sai da capital do país, justificando-se pela diversidade cultural e potencialidades turísticas que o interior dispõe e que precisam de notoriedade a fim de atrair turistas.
Karina Almeida referiu que a escolha na Huíla recai pelo facto de reunir as condições necessária para o evento, o que passa por condições de acomodação, clima e local espaçoso para o mesmo, que terá como tema as belezas naturais da Huíla.