A McLaren lançou o seu novo carro para a temporada 2019 da Fórmula 1 ontem quinta-feira (14), no seu Centro de Tecnologia. A apresentação da equipa de Woking marcou a sexta apresentação dos carros da temporada, desconsiderando a Haas que vai mostrar igualmente o seu carro fisicamente no grid de Barcelona. Toro Rosso, Williams, Renault, Mercedes, Red Bull, Racing Point e, agora, McLaren, já apresentaram os seus novos bólidos para a competição para este ano.

O novo carro da equipa para 2019, o MCL34, vai tentar recolocar a equipa de sucesso no seu lugar, no alto da tabela de classificação. O novo esquema de pintura da McLaren viu o azul tomar conta da parte traseira do carro, onde há um grande destaque para a Petrobrás, com o laranja das últimas temporadas predominante.

Já a campeã das últimas cinco temporadas da Fórmula 1, tanto no Mundial de Construtores quanto no Mundial de Pilotos, com quatro vezes com Lewis Hamilton e uma com Nico Rosberg, a Mercedes AMG F1 apresentou na quarta-feira, 13, na pista de Silverstone, na Inglaterra, o novo carro para esta temporada.

O Mercedes-AMG F1 W10 EQ Power+, que é o 10° construído desde o retorno da montadora alemã como uma equipa de Fórmula 1 em 2010.

Além de lançar o carro, a escuderia foi a primeira a colocá-lo na pista, logo no dia do seu lançamento. O novo modelo tem pintura muito semelhante à de 2018, nas cores prateada e azul, agora com pequenos logos da Mercedes na parte traseira. Uma das mudanças na estrutura do carro é com a capacidade de combustível, passando de 105 quilos para 110 quilos. A escuderia quer igualar a Ferrari, que entre 1999 e 2004 conquistou seis títulos seguidos.