Dificuldades financeiras estão na base do atraso da participação de Angola nos ensaios para gala do concurso miss supranational/2018, que começaram esta semana, na cidade de Krynica-Zdrój, na República da Polónia.
De acordo com o presidente do comité supranational Angola, Osvaldo Chaves, contactado via telefónica pela Angop, a organização só agora conseguiu patrocínio para enviar Andreia Muhito, representante da beleza feminina angolana neste evento, que conta com a participação de concorrentes de 80 países do mundo.
Informou que o comité miss supranational Angola recebeu uma verba monetária acima de um milhão de kwanzas para compra de duas passagens aéreas.