Trinta e sete monumentos e sítios históricos da província da Lunda Sul aguardam por classificação, com destaque para a lagoa do Luar, com vista a sua elevação a património cultural nacional, informou esta semana, em Saurimo, o director do gabinete provincial da Cultura, Gabriel Tchiema. Em declarações à Angop a propósito do actual estado da Cultura na província, o responsável fez saber que as propostas para a sua classificação já estão a ser feitas, para posteriormente reencaminhar ao Ministério da Educação. Acrescentou que a descoberta é resultado de um trabalho feito no interior da província, numa estreita colaboração com as autoridades tradicionais, enquanto fontes orais com domínio dos acontecimentos históricos. Informou que a província conta com sete monumentos classificados, com destaque para o edifício dos Correios de Angola, antiga Sé Catedral da Igreja Católica e o bispado. A província conta igualmente com oito reservas naturais que carecem de visitas por parte dos turistas nacionais e estrangeiros. A direcção está a trabalhar para a identificação de outros monumentos e sítios históricos para a sua elevação e classificação como património nacional.