Dezassete mil e 619 turistas, entre nacionais e estrangeiros, visitaram o museu dos Reis do Kongo, em Mbanza Kongo, província do Zaire, em 2018, um aumento de sete mil e 819 visitantes face ao ano de 2017.
O número engloba 436 estrangeiros oriundos de diversos países, com destaque para o Brasil, Portugal, França e República Democrática do Congo (RDC).
De acordo com o chefe do departamento do gabinete provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto, Luntadila Lunguana, que falou à Angop, dentre os visitantes destacam-se também duas mil e 875 crianças dos quatro aos 17 anos de idade, 12 das quais estrangeiras.
O aumento do número de visitantes, segundo a fonte, deveu-se ao facto de o centro histórico de Mbanza Kongo ter sido inscrito na lista do Património Mundial da Unesco, em Julho de 2017.