O tenor angolano Nelson Ebo participou, nos Estados Unidos da América, no Festival de Ópera e Teatro Musical, que decorreu num conceituado local para produções do género, de 7 de Julho a 6 de Agosto do ano em curso.
Segundo uma nota da Embaixada de Angola nos EUA, chegada esta semana à Angop, o artista, radicado no referido país, apresentou no evento um repertório que vai desde Mozart, Tchaikovsky, Verdi, Puccini, Bizet até Wagner.
O espectáculo realizou-se num conceituado local para produções teatrais e musicais, bem como para filmes clássicos, que é também o lar do Órgão Mighty Wurlitzer, que oferece a rara oportunidade para que filmes clássicos pouco conhecidos sejam exibidos com acompanhamento de órgãos ao vivo.
No mesmo local são igualmente apresentados concertos, óperas de câmara, palestras, musicais, peças de teatro, recepções, para além de ser a Academia e a Ópera Infantil.

Apresentações

Para além do continente africano, o jovem tenor angolano conta no seu reportório apresentações na Europa pois, enquanto estudava e cantava na Itália, Alemanha e Espanha, teve a oportunidade de cantar em eventos com a presença de artistas de renome do género, como o maestro Plácido Domingo, Mariella Devia, Raina Kabaivanska, Marcello Giordani e Marilyn Horne.
Nelson Ebo é detentor de inúmeros prémios de prestígio das Fundações Gerda Lissner e Giulio Gari, da Ópera North e, mais recentemente, participou como convidado no concurso internacional Hans Gabor Belvedere, em Cape Town, na África do Sul.