A Italdesign desenhou e construiu o GT-R50 sobre um chassi do Nissan GT-T Nismo, versão de 2018, cedida pela marca nipónica, que já circula pelo mundo. O objectivo da Italdesign era óbvio: colocar-se no mercado como um dos mais criativos gabinetes de estilo, ao produzir esta versão que serve para comemorar os 50 anos de desportivos deste calibre da marca japonesa.
Por outro lado, a Nissan não tinha nada a perder, tendo mesmo a ganhar, pois numa fase em que tem de encontrar um substituto para o GT-R, a proposta da Italdesign poderia indicar-lhe
o caminho em matéria de estilo.
O GT-R50 já esteve exposto em salões, exposições várias e até no Festival da Velocidade em Goodwood, onde realizou uma subida de exibição. E sempre com grande popularidade junto do público, muito mais do que o GT-R original alguma vez conseguiu reunir, uma vez que se o modelo era respeitado pelo que andava e curvava, nunca o foi pelo
seu estilo refinado ou apurado.