Frequentemente vemos em praias, nos grandes centros urbanos e mesmo no trânsito, vendedores ambulantes com infinitos modelos de óculos escuros para a venda. O que pessoas desatentas não sabem, é que esses produtos são resultado da acção da pirataria.
O preço é atractivo, o modelo é parecido com a marca original, parecendo tudo perfeito. De acordo com estudos realizados, a maioria desses óculos não tem as protecções necessárias para evitar
a acção dos raios UV.

Os riscos
Quando se usa óculos escuros, a pupila se dilata, abrindo caminho para mais radiação, a fim absorver mais luz. Por isso, é necessário que os óculos protejam contra os raios UV que atingem as pupilas dilatadas, pois outra função dos óculos de sol é permitir que possamos ver melhor quando
ofuscados por luz forte.
Imagine-se com óculos de sol falso. A sua pupila vai responder à escuridão da mesma forma que com outros óculos, com a desvantagem de que a protecção UV deixa de existir.
Além disso, os óculos de sol piratas ou falsificados acarretam em fortes dores de cabeça, pelo que se desaconselha o uso.