A obra literária Lições da Vida do sacerdote diocesano, padre Correia Hilário, foi apresentada recentemente, ao público, pelo seu colega no ministério presbiteral, Elias Zacarias, perfeito de Estudos do Seminário Maior de São Paulo no Uíge.
Segundo o autor, com 500 cópias editadas, o livro com 48 páginas, composto por 10 capítulos, é uma obra que visa passar a mensagem de amor, paz e boa convivência entre as pessoas, independentemente da cultura ou religião a que pertence.
O presbítero fez saber que com a presente obra cada leitor, ao percorrer as suas páginas, poderá encontrar algo que sacie a sua sede de conhecimento e que o ajude a relacionar-se com as demais pessoas.
“Aqui tentei transmitir, de forma sucinta, minhas reflexões sobre o mundo em que vivemos com os seus variados desafios. Coloquei nesta obra, princípios e pensamentos de personalidades de épocas diferentes no intuito de serem suporte valioso na vida de cada leitor”, sublinhou.

Terceira lição

Na sua terceira lição da vida, com o subtítulo “amar ao invés de julgar”, o sacerdote que cita a Madre Teresa de Calcutá escreve que amar também significa repreender, corrigir e mostrar aquilo que deve ser feito.
Para ele, se as pessoas se limitam a julgar os outros, não restará tempo para amá-las.
Correia Hilário, sacerdote diocesano, nasceu a 30 de Agosto de 1978 na comuna de Quipedro, município de Ambuila, província do Uíge, ingressou em Setembro de 1997 no Seminário Médio de Luanda.
Ordenado sacerdote, em Agosto de 2009 por Dom Emílio Sumbelelo, o presbítero actualmente é pároco da paróquia Santa Josefina Bakhita em Mucaba, é secretário nacional da Comissão Episcopal do Clero- CEAST, entre outras ocupações.