O historiador angolano Patrício Batsikama lançou, o livro “O Reino do Kongo”, esta semana, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda. A obra, que encerra a trilogia sobre as “Origens do reino do Kongo”, que o historiador começou em 2010, a divulgar, orienta a pesquisa sobre a localização de arquivos, relatos dos missionários e a tradição oral do reino do Kongo.
Patrício Batsikama, fez saber que a comunidade bakongo, desde o século XVII, tem escrito a sua história, daí que existem dados que confirmam a impotência e o poder do reino do Kongo.
O docente fez igualmente a apresentação do referido livro no dia 13 deste mês na Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Brasil, onde vai ministrar, naquela instituição de ensino, o curso sobre “História e Cultura Bantu-Kongo” aos 377 pesquisadores já matriculados para o efeito.
Natural do Uíge, Patrício Batsikama é autor de obras sobre a história de Angola e de África, com destaque para “ O Reino do Kongo e a sua Origem Meridional”, “Makela ma Zombo”, “ Nação, nacionalidade e nacionalismo em Angola” e “Introdução à História das Artes em África”. É docente do Instituto Superior Tocoísta(ISPT), de onde também é coordenador do Centro de Estudo e Investigação Científica Aplicada (CEICA).