Um projecto denominado “Hanohene” que visa dinamizar a actividade artística na província do Moxico foi apresentado, esta semana, na cidade do Luena, pelo director da Cultura da circunscrição, António Augusto “Tony Nguxi.
Falando à imprensa, o director disse que, a partir deste mês, os artistas dos nove municípios da província do Moxico passarão a exibir, quinzenalmente, as suas criações em espectáculos a serem realizados na Casa da Cultura do Luena.
Referiu que o sector da Cultura está a cadastrar os artistas interessados no projecto, para poderem apresentar as suas obras como peças teatrais, sessões de música, dança, poesia, exposição de quadros, exibição de peças artesanais, entre outras modalidades artísticas.
Salientou que o projecto vai servir também para aproximar mais a capital da província do Moxico, Luena, a outros municípios e comunas, através
dos espectáculos culturais. A propósito do programa, o actor do grupo teatral “Árvore que dá fruto” José Sassinda elogiou a iniciativa, que poderá desenvolver e valorizar ainda mais o sector artístico da província.
Já o actor do grupo teatral “Filhos de África” Hélder Francisco ressaltou que o projecto “Hanohene”vai proporcionar aos munícipes mais opções de lazer e cultura”, considerou.