“As Kassumunas do Bairro Indígena” é o título do novo livro do jornalista Salas Neto, que é apresentado ao público hoje, às 17h00, na Casa de Cultura Njinga Mbande no Rangel, em Luanda. O livro, o segundo de Salas Neto, é o ensaio para uma futura autobiografia, com textos que em muito mostram parte da sua vivência na capital e da experiência enquanto jornalista.
Embora o cunho pessoal esteja bem patente no livro, o autor fez questão de explorar temas, cujo teor sejam comuns à maioria dos seus leitores. Desde os problemas comuns de uma urbe em crescimento, num país que ainda vive entre o tradicional e o moderno, até aos efeitos das novas tecnologias na vida dos citadinos, Salas Neto propõe histórias para todos os moradores da periferia ou do centro da cidade. O autor tem igualmente na forja um outro livro de crónicas, “Cartas para o meu filho Gabriel Veloso”.