A samsung apresentou nesta quarta - feira os seus dois novos modelos de smartphone com telas grandes, hardware de ponta, recursos avançados de produtividade caneta Bluetooth com funções avançadas.
Os Galaxy Note 10 e Note 10+ apresentam o conceito de tela Infinity-O, com um furo no painel dando espaço para a única câmara frontal, que nos Notes é centralizada, para alegria dos fãs de simetria.

Hardware de ponta
No interior, o chip escolhido pela fabricante para maior parte do mundo é o Exynos 9825, um octa-core de 2,7GHZ feito com o processo de 7nm. Em comparação com o Galaxy Note 9, a fabricante garante que a sua escolha actual oferece velocidade de processamento 21 por cento maior na CPU e 45 na GPU com consumo energético 18 por cento menor.
O Note 10 terá 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, enquanto o 10+ terá 12 GB de RAM e versões com 256 ou 512GB de espaço interno.

Novas funções de vídeo
A câmara frontal dos dois celulares terá 10 MP com auto - foco, Dual Pixel e lente com abertura de f/2.2. Na traseira, ambos trarão um sensor principal com 12 MP, Dual Pixel PDAF, estabilização óptica e lente com abertura variável.
Algumas ausências notáveis nos aparelhos são o botão exclusivo da Bixby- a tecla de energia pode ser configurada para activar a assistente após pressionamentos longos e a entrada para fones de ouvido. Nas caixas, os Galaxy Note 10 e 10+, incluirão fones de ouvido com conectores USB-C mas não virão com adaptadores para o padrão P2.