Há algo de cativante e intrigante nos calçados de John Lobb. Talvez seja na maneira como eles se diferem dos demais. Ou talvez por serem os calçados mais bonitos do planeta. Fundada por John Lobb (1829-1995), a John Lobb Bootmaker está no mercado desde 1866, em Londres, e 1902, em Paris. Embora em 1976 a marca tenha sido adquirida pelo grupo Hermès, ela permanece até hoje como propriedade familiar e continua a operar de forma independente.
A grife lançou recentemente sua série anual artesanal, que celebra a dedicação e a habilidade manual. A linha destaca o desenvolvimento e a inovação dos artesãos por trás da fabricação do produto. E é o processo de desenvolvimento que, muitas vezes, pode ser uma tarefa árdua. Apesar de toda a tecnologia existente, o talento artístico e artesanal que é colocado na fabricação dos calçados de luxo ainda é de impressionar. No caso da John Lobb, fala-se basicamente sobre os novos desenvolvimentos relacionados às maneiras de esticar o couro, que requerem até oito horas para serem concluídos e dão aos clientes peças com acabamento perfeito como nunca visto antes. Para completar, os couros são seleccionados dos melhores curtumes, o que resulta em todos os ingredientes para um produto realmente de luxo.