O CEO da Tesla, Elon Musk, tem respondido no Twitter a questões sobre o sistema de condução semi-autónomo Autopilot, adiantando que receberá uma grande actualização nos próximos seis meses.
Uma das novidades será a capacidade do Autopilot reconhecer determinados veículos. “Estamos a adicionar carro de polícia, camião de bombeiros e ambulância à rede neural da Tesla nos próximos meses”, confirmou Musk.
O executivo assegurou ainda estar a investigar o que se passou com o Autopilot no caso do condutor que ficou inconsciente ao volante. Musk escreve na sua página que, se não houver interacção do condutor, “o comportamento padrão do Autopilot é de abrandar gradualmente até parar e ligar os quatro piscas”, com o veículo a contactar de seguida o serviço da Tesla.