Trinta poetas de diversas províncias do país participam, de 15 a 17 deste mês, no Huambo, na VI edição do festival nacional de poesia, para saudar os 106 anos do planalto central e o mês do poeta maior António Agostinho Neto.
Em conferência de imprensa realizada recentemente, o porta-voz do evento, Francisco Quintas Tchiñguma, informou que os participantes vêm das províncias do Huambo, Benguela, Luanda, Bengo, Cuanzas Sul e Norte, Bié, Huíla, Namibe, Cuando Cubango, Malanje, Lundas Sul e Norte, Moxico e Uíge.
Explicou que o festival está avaliado em sete milhões e 600 kwanzas e conta com o apoio do governo provincial do Huambo. Realçou a importância do certame na promoção da literatura, bem como no desenvolvimento da cultura e descoberta de novos talentos para a poesia angolana.
Na ocasião, o director provincial do gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto, José Albano Canobo, sublinhou que é intenção do governo local tornar o Huambo em capital da poesia, tendo em conta o grande número de talentos que possui.