O príncipe William e Kate Middleton lançaram esta semana um prémio destinado a promover a busca de soluções para as alterações climáticas.
O Palácio de Kensington, residência oficial dos duques de Cambridge, anunciou esta semana que o Earthshot Prize será “o mais prestigiado prémio ambiental da história” e tem como objectivo “inspirar os maiores solucionadores de problemas do planeta a resolver os maiores problemas da Terra: as emergências que o nosso mundo natural enfrenta”.
Apresentado num vídeo narrado por David Attenborough, o prémio é apresentado como “uma década de acção para reparar o nosso planeta”.
Entre 2021 e 2030, o casal real vai dar um prémio monetário a cinco “visionários” que contribuam para “responder aos grandes desafios do nosso tempo”.
No fim da década, o prémio terá expectavelmente encontrado pelo menos 50 soluções para os grandes problemas do planeta. O lançamento oficial do prémio deverá decorrer durante o ano de 2020.
O prémio vai ser financiado pela Royal Foundation of The Duke and Duchess of Cambridge, fundação patrocinada pelo casal real, que terá o apoio de vários filantropos e organizações, como detalha a BBC.
O nome do prémio, Earthshot, está relacionado com o projecto norte-americano “Moonshot” — o projecto lançado pelo Governo dos Estados Unidos da América, na década de 1960, com o objectivo de viajar até à lua até ao final daquela década.
O Earthshot Prize vai premiar cinco “visionários” que contribuam para encontrar soluções para os maiores problemas do planeta. Prémio será entregue entre 2021 e 2030.