A cantora angolana Yola Semedo sobe este fim-de-semana ao palco da Casa da Música, com dois shows nos dias 7 e 8, segundo fonte da instituição.
O responsável da casa, Estêvão Costa, adiantou esta semana à Angop que a artista terá como convidado o cabo-verdiano Boy Gê Mendes para uma jornada que se espera emocionante para os amantes da música angolana e de Cabo Verde.
Durante dois dias, os usuários do espaço, de acordo com a fonte, terão a oportunidade de ver em palco duas “estrelas” e duas gerações da música dos PALOP, numa simbiose entre o semba, kizomba, funana e a coladeira.
Estêvão Costa afirmou ainda que se trata de uma actividade enquadrada no programa da instituição destinada à promoção, valorização e divulgação da música angolana.
No âmbito desta política, a Casa da Música tem dado espaço para várias gerações da música angolana, como forma de melhor contribuir para a elevação do que se produz musicalmente no país.
Yola Moutofa Coimbra Semedo, nascida no município do Lobito, província de Benguela, iniciou a sua carreira musical em 1984, como vocalista do grupo Impactus 4 (formada com os seus irmãos).
Conquistou o prémio de “Voz de Ouro de África” (1995), em representação de Angola no festival organizado pela Unesco, na Bulgária, e foi considerada a melhor voz feminina de Angola, por três vezes consecutivas (2000, 2006, 2007).
Yola Semedo ganhou o prémio de “Balada do ano (2006) “ e de “Melhor intérprete feminina”, por duas vezes (2006 e 2007), “Diva do ano”, em 2007 e 2008, e conquistou a edição 2010 do “Top dos Mais Queridos”, uma realização da Rádio Nacional de Angola. Tem no mercado os discos “Yola Semedo”, “Diário de Memorias”, “ Filho Meu” e o Dvd “25 anos de carreira”.