O ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi, disse, recentemente, em Luanda, não haver motivos para preocupação em relação à dívida de Angola para com a China, afastando o espectro da existência de quaisquer irregularidades com o seu cumprimento.
Wang Yi, que fez esta afirmação na conferência de imprensa realizada na sede do Mirex depois da assinatura do acordo de facilitação de vistos em passaportes ordinários, foi peremptório em afirmar que não existem motivos de preocupação, pois “o serviço da dívida de Angola para com a China tem andado muito bem e nunca houve problemas”.
Dados publicados pela imprensa ocidental apontam para um investimento da China em Angola na ordem
dos 60 mil milhões de dólares.