De acordo com o relatório, publicado semanalmente no site do BNA, a taxa de câmbio média de referência de venda do dólar americano do mercado cambial primário, apurada ao final da semana em análise foi de 186,296 kwanzas/euro e em 166,742 kwanzas/dólar.
No último leilão, as operações do Sector Produtivo absorveram o maior valor, com um total de 53,7 milhões de euros enquanto que para a cobertura das necessidades de Diversos Sectores foram disponibilizados 25,6 milhões de euros.
Já para os sectores Ministérios e Organismos de Estado e Cartas de Crédito o BNA declarou a venda de 12,4 e 12,2 milhões de euros, respectivamente, para cobrir as suas necessidades. Para a cobertura de operações do Sector de casas de Câmbio o BNA disponibilizou 4,5 e igual valor para o sector de Operadoras e Remessas.
No total, foram 10 os sectores beneficiados, inclusive os sectores de Energia e Águas, Cartões de Crédito e Viagens, Ajuda Familiar, Saúde e Educação.

Operações Fiscais
Para a gestão corrente do Tesouro Nacional, o Banco Nacional de Angola, enquanto operador do Estado, colocou no mercado primário Títulos do Tesouro no montante de 38,6 mil milhões de kwanzas sendo 22,2 mil milhões em Bilhetes do Tesouro (BT) e 16,4 mil milhões de kwanzas em Obrigações do Tesouro indexadas ao câmbio (OT-TXC). As OT-TXC emitidas foram nas maturidades de 3, e 6 anos à taxas de juro nominal de 7,00 e 7,75 por cento ao ano. No segmento de venda directa de títulos ao público foi colocado o montante de 4,9 mil milhões de kwanzas em BT nas maturidades de 91, 182 e 364 dias e OT na maturidade de 3 anos.

Operações Monetárias
Para efeitos de regulação monetária o BNA realizou operações de mercado aberto (OMA) no montante de 11,3 mil milhões de kwanzas, nas maturidades de 7, 28 e 63 dias, à taxas médias de juro de 7,50; 11,00 e 13,00 por cento ao
ano, respectivamente.
No mercado interbancário, os bancos realizaram entre si operações de cedência de liquidez sem garantia de títulos, no valor acumulado de 26,9 mil milhões de kwanzas, em maturidades de 2 a 30 dias, a taxa média de juro entre 17,00
à 22,41 por cento ao ano.