O Comité de Política Monetária (CPM) do Banco Central decidiu na passada sexta feira (24), reduzir a taxa BNA em 0,25 ponto percentual, para 15,50 por cento. Com a redução, a taxa básica de juros volta ao mesmo nível de Janeiro deste ano.

Em sua última reunião, no último mês de Março, o CPM havia mantido a taxa BNA em 15, 75 por cento, percentual que se manteve por dois meses consecutivos.
No comunicado divulgado no site do BNA, o CPM afirmou que as decisões foram influenciadas pelo facto da inflação homóloga continuar com a trajectória decrescente.
A evolução da Base Monetária em moeda nacional, variável operacional da política monetária, que contraiu 0,54 por cento nos últimos doze meses, esteve na base da decisão.

Transacção monetária
No relatório, o CPM explicou que em Abril, no mercado monetário interbancário foi transaccionado um fluxo total de 393,93 mil milhões de kwanzas, registando um aumento de 115,61 mil milhões de kwanzas (41,54 por cento) face ao período anterior. Este é o maior valor do ano, quando em comparação com o total dos meses de Janeiro e Fevereiro, o somatório foi de 261,19 mil milhões de kwanzas, mais 33, 5 por cento.
A Luibor na maturidade overnight situou-se em 15,73 por cento, o que representou uma redução de 15,76 face ao nível de Março de 2019.
No mês de Abril, o stock do crédito em moeda nacional registou uma expansão mensal de 2,06 por cento, face à relativa estabilidade registada no mês de Março, quando nos últimos 12 meses, decresceu em torno dos 1,41 por cento.
O Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) apresentou uma variação mensal de 1,05 por cento, inferior à registada no mês anterior (1,09 por cento) e uma variação homóloga de 17,36.
Quanto ao Índice de Preços Grossista (IPG) a variação mensal fixou-se em 1,39 por cento, maior em relação aos 1,35 registados no mês de Março
A variação homóloga foi de 17,17 por cento, superior à verificada no período anterior que foi de 17,13 por cento.
Uma nota registada é que desde meados de 2018, a variação do IPG dos produtos nacionais tem sido superior a dos produtos importados.
No que toca as Reservas Internacionais Brutas (RIB) situaram-se em 16,33 mil milhões de dólares em Abril, representando um grau de cobertura de importações de bens e serviços de 8,97 meses.

Março
Dos dados divulgados o CPM informou que nos meses de Março e Abril deste ano, o BNA vendeu ao mercado um montante total de 1,56 mil milhões de dólares, contra os 1,43 mil milhões de dólares vendidos em Janeiro e Fevereiro. A referida venda foi efectivada através dos bancos comerciais.
Em comparação ao período homólogo (Março e Abril de 2018), foram vendidos 1,64 mil milhões de dólares, registando uma diminuição de 5,03 por cento.
Em Março, a conta de bens registou um saldo superavitário de 2,07 mil milhões de dólares, sendo que o valor total das exportações foi de 2,98 mil milhões de dólares e das importações de 909,01 milhões.
Igualmente, em Abril a conta registou um superavit de 1,93 mil milhões de dólares, onde as exportações situaram-se em 2,86 mil milhões e as importações em usd 923,64 milhões de dólares.
Com base nos números o CPM concluiu que nos dois meses analisados, a conta de bens apresentou o mesmo comportamento, registando um aumento de 108,83 por cento, face aos dois meses anteriores (Janeiro e Fevereiro).
A próxima reunião do CPM está marcada para o dia 26 de Julho de 2019.