As bolsas de todo o mundo estão, esta semana, maioritariamente em alta, quando os investidores se concentram em dados positivos de forma geral e num aumento nos preços dos metais que faziam com que as acções de empresas mineradoras subissem.
O mercado futuro dos Estados Unidos da América (EUA) apontava para uma abertura em alta, já que os investidores aguardavam indicações sobre a política monetária do Fed com as actas da sua mais recente reunião.
Nas primeiras horas de quarta-feira (16), o índice blue chip futuros do Dow subia 0,27 por cento, os futuros do S&P 500 ganhavam 0,27 e os futuros do Nasdaq 100
avançavam 0,37 por cento.
Além disso, as bolsas europeias foram impulsionadas por fortes ganhos em empresas mineradoras, já que o crescimento da zona do euro no segundo trimestre foi inesperadamente revisto para cima. O FTSE 100 de Londres, por sua vez, negociava em alta de 0,68 por cento, já que o Reino Unido apresentou uma surpreendente redução na taxa de desemprego, que está em nova mínima de 42 anos e a
inflação dos salários acelerou.
Mais cedo, os mercados de capitais da Ásia encerraram em diferentes direcções, com o Japão a cair 0,1 por cento e Shanghai em torno de 0,2. Mas, o Hang Seng e o S&P/ASX 200 fecharam com ganhos de 0,9 e 0,5 por cento, respectivamente.
Por outro lado, o minério de ferro cedeu 0,4 por cento a tonelada no contrato mais negociado na bolsa de Dalian, enquanto a entrega spot em Qingdao recuava um por cento
para 73 dólares a tonelada.