As principais índices bolsistas norte-americanos encerraram em alta, sustentados pelo discurso da nova Presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos da América (EUA). Os investidores consideram que os comentários da autoridade monetária antecipam que a economia está com capacidade para suportar reduções graduais dos estímulos.

A suportar o comportamento dos principais índices norte-americanos está o primeiro discurso da nova Presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos da América, Janet Yellen.

Os investidores consideram que os comentários da autoridade monetária indiciam que a economia está forte, o suficiente para conseguir aguentar uma retirada gradual dos estímulos. A líder da autoridade monetária norte-americana antecipou, neste discurso, que irá dar continuidade à política que tem sido seguida pelo comité de operações no mercado aberto (FOMC).

O comité, garantiu o responsável, irá manter uma política monetária altamente acomodatícia por um longo período de tempo, mesmo após a conclusão do programa de estímulos.

Preocupações
No centro das preocupações de Janet Yellen está a recuperação do mercado laboral, que, no seu entender, “está longe de ser concluída”. “O desemprego continua muito acima do nível que o Fomc considera ser consistente com um nível sustentável de emprego.

As pessoas sem trabalho há mais de seis meses continuam a representar uma percentagem extraordinariamente  elevada e o número de pessoas que trabalham em part-time – mas gostariam de trabalhar em full-time – continua a ser muito elevado.
Estas observações destacam a importância de ter em conta mais do que a taxa de desemprego quando avaliamos as condições do mercado laboral dos Estados Unidos”.

“Estou empenhada em alcançar os dois objectivos do nosso [Fed] mandato, ajudar a economia a regressar ao pleno emprego e levar a taxa de inflação para próximo dos 2 por cento “, garante a Presidente da Reserva Federal.

Aposta
O banco central manterá o programa de estímulos até que o “mercado laboral melhore de forma sustentável”. A política monetária continuará altamente acomodatícia por um longo período de tempo.  No primeiro testemunho como Presidente da Reserva Federal, Janet Yellen centrou as suas atenções no mercado de trabalho e na instabilidade que se vive nos mercados emergentes.

Ocupou, a 1 de Fevereiro, o cargo que foi de Ben Bernanke durante oito anos, refere-se ainda à crise que se vive em alguns mercados emergentes, afirmando que, esta está a ser “acompanhada de perto” pela Reserva Federal.

“A nossa expectativa é que nesta fase, estes desenvolvimentos não representem um risco significativo para a economia dos Estados Unidos”, afirma a responsável pela Fed.

Registo
A Alcoa somou 2,44 por cento para 11,33 dólares, o Bank of América avançou 0,84 para 16,861, o JP Morgan ganhou 1,o para 57,31 e o Goldman Sachs subiu  1,91 164,07.  Nas tecnológicas, a Google cresceu 1,47 por cento para 1190,18, a Apple subiu 1,32 para 535,96, a Yahoo apreciou-se em 1,96 para 38,50 e a IBM pulou 1,39 para 179,61 para 24,71.