A produção diamantífera nacional rendeu ao Estado, no mês de Outubro, uma receita de 3,08 mil milhões de kwanzas.
De acordo com dados publicados na página de internet do Ministério as Finanças, um volume de 706 mil quilates foram vendidos ao preço de 333,88 dólares.
O resultado da compra valorou-se em 97,5 milhões de dólares.
Em impostos, os dados divulgados pelo Minfim, adiantam que 1,02 mil milhões de kwanzas foram em Imposto Industrial e 2,05 mil milhões em Royalties.
No mês de Setembro, a receita total foi de 2,32 mil milhões de kwanzas, dos quais 1,55 mil milhões foram em Royalties e 775,3 milhões em Imposto Industrial. Já o volume de quilates vendidos, naquele mês, foi de 771 mil ao preço de 275,19 dólares.
Note-se que no início do ano, em Janeiro, o Minfim declarou receita fixada em 2,72 mil milhões de kwanzas, sendo 1,81 mil milhões em Royalties e 908,3 milhões em Imposto Industrial. na altura contabilizaram-se vendas de 698,1 mil de quilates ao preço de 142,41 dólares. O valor da compra fixou-se nos 1,17 mil milhões de dólares.
Na recente 1ª Conferência e Exposição Internacional sobre o sector Mineiro foi posta à disposição pedras preciosas, através de um leilão cujo fecho está previsto para o próximo dia 6.