A gigante italiana de energia, Eni, anunciou, esta semana, ter assinado dois novos acordos para a extracção de petróleo nas zonas do Norte Hamad e do Norte Ras Aich no Mediterrâneo, ao largo das costas egípcias, soube-se de fonte oficial no local, conforme notícia retomada pela agência Panapress.
De acordo com a publicação generalista sobre a actualidade africana e internacional, a gigante italiana controla, com duas outras empresas, designadamente a britânica British Petroleum (BP) e a francesa Total, 37,5 por cento das partes da zona do Norte Hamad.
A notícia faz referência de que estes dois novos acordos reforçam a carteira da empresa italiana no Egipto
onde opera desde 1954.
A par do Egipto, a italiana Eni é parceira em muitos projectos de exploração petrolífera“offshore” africano, onde concentra larga experiência e tecnologia moderna. Países como Angola, Nigéria, Sudão, só como referência, são provas da intervenção dos italianos.