O volume de prémios brutos emitidos pela Ensa Seguros atingiu, de Janeiro a Setembro do ano transacto, 37 mil milhões de kwanzas, uma queda se comparado com 47,6 mil milhões de todo exercício de 2016.
Apesar destas cifras representarem uma redução e reportarem apenas os primeiros nove meses de 2017, a Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA) reafirma a sua posição de liderança e o seu papel de mobilizador da cultura de seguros, suportando a sua actividade diária na criação e entrega de valor aos seus trabalhadores, clientes e accionistas.
Segundo o presidente do conselho de administração da Ensa, Manuel Gonçalves, que falava durante uma conferência de imprensa, a empresa vai continuar a apostar na eficiência interna, no reforço do modelo de capacitação do capital humano, inovando na oferta e na qualidade de serviço ao cliente.
A empresa conta com 633 trabalhadores, bem como com 41 produtos contra os 24 existentes em 2010.