O frango congelado e a carne bovina são os produtos que registaram maior aumento nos mercados da capital durante as quatro últimas semanas. Em sentido inverso viu-se os supermercados mais estáveis no preço de oferta. Numa ronda feita aos tradicionais quatro supermercados, constatou-se, esta semana, que em determinadas secções uma certa subida de preços. Aliás, nas fases de subida, os supermercados colocam geralmente à vista do cliente algum chamariz (merchandising). Nos habituais supermercados onde passamos, os produtos promocionais são os que dão à cara.

Esta semana, o Kero e o Shoprite estão a promover o açúcar, a margarina, a massa alimentar e a banana de mesa, depois de nas semanas anteriores terem registado uma corrida à farinha de trigo, ao arroz e à fuba de bombó.
Por opção ou estratégia de marketing, o posicionamento das prateleiras ou frutarias seguem sempre a lógica do que atrai facilmente os olhos.
A laranja e o abacaxi foram os produtos que mais baixaram de preço nos supermercados de Luanda. Nas praças e mercados informais da capital, o Instituto de Preços e Concorrência (IPREC) registou as quedas mais significativas de preço em dois produtos, casos do feijão e o repolho.
Do lado dos clientes, estes mostram certa normalidade no comportamento ou tendência de consumo, uma vez que conseguem comprar mais do que o habitual nos produtos em promoção e isso com menos dinheiro.