A Galp Energia anunciou ter registado, nos últimos três meses do ano passado, aumento da produção e das vendas, face ao mesmo período de 2012, apesar de algumas quedas da produção em relação ao trimestre anterior.

Em comunicado divulgado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Galp Energia apresentou as estimativas operacionais e comerciais da empresa relativas aos meses de Outubro a Dezembro de 2013. De acordo com a petrolífera, nos três últimos meses de 2013, a Galp Energia conseguiu aumentar a produção “net entitlement”, ou seja, aquela a que a Galp Energia tem de facto direito, em quase 24,1por cento face ao mesmo período de 2012, reflectindo o aumento da produção no Brasil.

A produção “net entitlement” tem impacto integral nas contas da Galp Energia, uma vez que é a produção a que a empresa tem direito após o pagamento de imposto aos países onde as concessões se localizam – sofreu, no entanto, uma ligeira redução de 0,2 por cento face ao trimestre anterior. Também o processamento de crude foi aumentado no período em análise, face ao homólogo de 2012, tendo crescido 13,6 por cento. Em relação ao terceiro trimestre de 2013, o processamento de crude apresentou uma queda, descendo 4,3 por cento.

Crescimento 
Quanto às vendas, a Galp Energia refere ter registado crescimento tanto no negócio com clientes directos como nas exportações para fora da Península Ibérica. Segundo os dados divulgados, as exportações para fora de Portugal e Espanha aumentaram 33,7 por cento no quarto trimestre do ano passado, face a 2012 e também apresentaram uma melhoria de 22,4 por cento em relação ao trimestre anterior.

Nas vendas a clientes directos (incluindo em África), o crescimento foi de 11,6 por cento relativamente ao mesmo período de 2012 e de 2,2 face ao terceiro trimestre de 2013.
A empresa adiantou ainda que a subida das vendas foi registada também no negócio do gás e da electricidade. No primeiro caso (gás), o crescimento anual foi 24,6 por cento, apesar de uma queda de 1,6 em termos trimestrais. No segundo (electricidade vendida à rede), o aumento face ao quarto trimestre de 2012 foi de 41,1 por cento, apesar de uma descida de 2,8 entre o terceiro e o quarto trimestre de 2013. Segundo a empresa, o valor médio do “dated brent” no quarto trimestre do ano passado foi de 109,2 dólares por barril, menos 0,8 por cento que no período homólogo de 2012 e menos 0,1 do que no trimestre anterior.

Produção de petróleo
A Galp Energia processou 21,348 milhões de barris de petróleo, o que representa um aumento de 13,6 por cento face ao período homólogo. Na área de refinação e distribuição, as vendas a clientes directos aumentaram 11,6 no quarto trimestre. Já as exportações aumentaram 33,7 em termos homólogos. Na área gas & power (gás e electricidade), as vendas totais subiram 24,6 por cento em termos homólogos, com as vendas a clientes directos a cederem 13,6.

A Galp Energia apresenta os seus resultados referentes a 2013, este mês, sublinhando que os dados agora divulgados são apenas preliminares e podem sofrer alterações.