A exposição multisectorial do Huambo “Expo Huambo 2018”, que acontece entre 27 e 30 de Setembro, no Pavilhão Osvaldo Serra Van-Dúnem, pretende ser o ponto de partida para que a província recupere os níveis áureos em que se constituiu no maior celeiro de Angola.
Sem retirar o foco na exportação dos excedentes, a feira prevê reunir os 11 munícipios e mais de 100 expositores, em média, entre nacionais e estrangeiros, mas tem na auto-suficiência interna a sua divisa maior.
De acordo com Susana Pereira, que coordena a realização desta 1ª edição, um dos principais constrangimentos que os expositores e visitantes podem encontrar, em eventos do género, é o da acomodação nos hotéis, pensões e similares.
Para garantir que este não o será, no caso da Expo Huambo 2018, dois (2) acordos, até ao momento, foram já conseguidos com unidades hoteleiras de referência da província e mais outros dois (2) estão em fase adiantada de negociação para que os preços por dormidas possam ser reduzidos nestes dias, numa escala de até 50 por cento. Além destes, há também acordo com prestadoras de rent-a-car para que a ligação de um ponto para o outro seja mais facilitado ao menor custo.
Susana Pereira lembra que tratando-se até de uma organização do Governo da província e em que se prevê a visita de mais de cinco (5) mil pessoas, a preocupação com a oferta do melhor que o Huambo dispõe assume-se como meta. Deste modo, desde a restauração a mobilidade interna tudo está a ser cuidado para que os visitantes se sintam “como se estivessem em casa”.

Agro-pecuária
A agro-indústria e a pecuária local vão dominar as amostras, uma vez que a produção de milho, feijão e soja, por exemplo, faz-se em safras que garantem o consumo da província e zonas vizinhas, mas também apresentam indicadores suficientes para que se possa pensar na venda dos mesmos nos países da região ou outras partes do globo.
Sobre os critérios de participação, Susana Pereira disse que os produtores locais podem, beneficiar de um desconto de 50% na sua participação na exposição. A página na internet da organização (www.expohuambo.co.ao) possui contactos e mais detalhes. As inscrições são até 31 de Agosto.

Investe Huambo

fórum busca investimentos para projectos

O Fórum de Desenvolvimento “Investe Huambo” decorre à margem da 1ª Feira Expo Huambo 2018, de 27 a 30 de Setembro, no auditório do Complexo Turístico Paraíso da Chiva. Conforme dados obtidos junto da organização, no certame vai ser apresentado o Plano de Desenvolvimento do Huambo (PDH), enquadrado e alinhado no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN 2018-2022), do Governo Central. O objectivo é impulsionar a economia e desenvolver o Huambo nos mais variados domínios e está reservado no evento palestras, mesa redonda e a apresentação de vários projectos de investimento locais com forte capacidade de atracção de parceiros. A presença confirmada da banca comercial faz também com que os participantes possam encontrar a componente financiamento e uma porta aberta na interacção entre quem os detentores de capitais e aqueles que têm as ideias ou mesmo iniciativas em vias de concretização já bem avançadas.
A organização avança que tal qual na Expo Huambo, as presenças externas com contactos avançados e por onde há bastante divulgação são já de Portugal, Rússia, África do Sul, República Checa e China, estando, igualmente, confirmado um forte envolvimento da Confederação Empresarial da CPLP, com vista à participação de empresários e investidores dos respectivos países.