A Índia investiu mais de 115 milhões de dólares nos cinco últimos anos em vários projectos, fundamentalmente ligados aos sectores industrial, agrícola e ferroviário. A revelação foi feita, em Luanda, pelo embaixador da Índia em Angola, Sushil Singhal, durante a abertura do seminário de “Capacitação empresarial sobre o comércio internacional e exportação”. O diplomata garantiu que, neste momento, estão a ser analisadas novas linhas de crédito para Angola visando a compra de medicamentos e suprimentos médicos. O comércio bilateral entre os dois países atingiu cerca de 7,6 mil milhões em 2013, com o petróleo exportado a constituir a maior parte do comércio.
O embaixador disse que os números do comércio bilateral mostraram uma tendência decrescente ao longo dos últimos anos.
Sushil Singhal lembrou que, durante a terceira Cimeira Índia-África, realizada em Nova Deli, em Outubro de 2015, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, anunciou uma linha de crédito de dez mil milhões de dólares e uma doação de 600 milhões de dólares no quadro do Fundo de Desenvolvimento de África e Índia.
Na mesma vertente, a Índia disponibilizou dez mil bolsas de estudo, que vão ser entregues a estudantes africanos nos próximos cinco anos. O embaixador garantiu que a Índia está a fornecer a Angola 30 bolsas de estudo
para cursos de engenharia.