O leilão ou hasta é uma modalidade de venda, muito difundida em órgãos públicos e empresas privadas, do qual administradores e servidores necessitam solucionar de maneira simples e rápida a venda de bens.

O leilão funciona da seguinte forma,o leiloeiro irá ler as condições de venda descritas no catálogo, as quais deverão ser acompanhadas por todos os compradores.

Em seguida os lotes em leilão serão anunciados um a um. Assim que o lote de interesse da pessoa for anunciado, ela deverá levantar a mão para dar um lance (se necessário falar ao leiloeiro o valor do seu lance).

Lote é um conjunto formado de um ou mais bens que serão leiloados. No caso de leilão de veículos um lote pode ser formado por apenas um automóvel, enquanto em um leilão de materiais um lote pode ser constituído por um conjunto de motores e peças diversas.

Caso existam mais pessoas interessadas no mesmo lote inicia-se uma disputa para decidir quem dará o maior lance começando com o lance minimo. É basicamente uma disputa de “quem dá mais”.

Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido, se o lance mínimo não for atingido será aceite um lance condicional, “lance condicional” é o termo utilizado quando o maior lance ofertado por um bem leiloado não atinge o valor mínimo de venda exigido por seu vendedor.

Leilões online
Leilões online são aqueles realizados via web. A forma mais comum para a realização de um leilão online envolve se registar como um vendedor em um dos vários sites disponíveis na rede. Praticamente todos os aspectos de um leilão tradicional são replicados.
Estes processos, normalmente, começam com o registo de um determinado item para o leilão. O vendedor define um lance mínimo que deve ser ofertado para que o bem seja vendido, assim como o tempo de duração do leilão. No final do leilão, o licitante vencedor apresenta o pagamento utilizando qualquer uma das opções previamente autorizadas pelo vendedor. Já o item leiloado geralmente é entregue ao vencedor por via postal.

Os sites de Leilões online apresentam recursos para melhorar a qualidade do negócio. Muitos deles oferecem a possibilidade de incluir várias imagens do item apresentado, permitindo que os potenciais candidatos investiguem exaustivamente os itens antes de efetuar uma compra. Os licitantes também podem ver os comentários e avaliações apresentadas por outros que ganharam leilões realizados pelo vendedor. Isto torna possível que os interessados conheçam antecipadamente a
reputação dos ofertantes.

Além de Leilões online abertos publicamente, existe também o serviço privado. A participação nesses leilões é apenas por convite, e inclui um número limitado de participantes.

Leilões em Angola
A prática de leilões, sejam estes de iniciativas de entidades públicas ou privadas, ainda é fraca em Angola. Contudo, ela existe e tem sido também uma excelente via de licitação de bens, sobretudo junto dos terminais portuários, resultantes da permenência em tempo excessivo de mercadorias e produtos nestes espaços.

O Banco Nacional de Angola (BNA) efectua regularmente vendas abertas de títulos e de bilhetes do tesouro. Ainda assim os abates de viatura são os mais frequentes, mesmo que hajam outras classes de bens leiloados períodicamente.

No sector privado, as petrolíferas lideram estas iniciativas. Seguem-se-lhe  os operadores  financeiros, transportes e de construção.
Numa iniciativa singular, a Global Seguros de Angola, seguradora onde o maior accionista é o Banco Keve, escolheu a link consulting para reformular o seu portal institucional e desenvolver um sistema de leilões online integrado. A imagem do portal e do sistema de leilões foi concebida, tendo em conta a estratégia de uniformização da imagem do grupo onde se insere, o negócio e as preferências do cliente.

O sistema é inteiramente gerido no backoffice e permite criar, editar e eliminar leilões. Consultar licitações, gerir licitadores e possibilitar um acesso reservado, dependente do perfil de cliente, a leilões durante um tempo pré determinado.